Governo viabiliza implantação de fábrica em Carira

Cerca de mil empregos poderão ser gerados para os moradores de Carira e região graças a um esforço do governo do Estado, que atraiu uma nova fábrica para se instalar no antigo espaço da Azaleia. A  instalação aguarda apenas o cumprimento, por parte da prefeitura da cidade, de algumas reivindicações. Todas as tratativas com a empresa têm sido feitas pela a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (Sedetec) e da Companhia de Desenvolvimento Industrial de Sergipe (Codise).

A indústria Casu Calçados, proprietária das marcas Di Cristalli e Mixage, chega para dar um novo fôlego a economia da região. Atraída pelo Programa Sergipano de Desenvolvimento Industrial (PSDI), ação de governo que objetiva a captação de novos negócios para Sergipe por meio da oferta de incentivos, a empresa tem expectativa de gerar 380 empregos diretos no primeiro ano de funcionamento, chegando a mil até o terceiro ano de atuação.

De acordo com o sócio gerente da Vanguarda Consultoria, empresa que representa a Casu Calçados, Leandro de Souza Melo, diversos fatores foram decisivos para escolha de Sergipe para sediar a fábrica. “O programa foi crucial, pois com os benefícios que o governo oferece conseguimos tornar nosso produto mais competitivo no mercado. Além disso, a receptividade e o empenho de toda equipe do governo também foram fundamentais para que decidíssemos”, observa.

O governador Belivaldo Chagas destaca que a instalação dessa fábrica é fruto de um compromisso feito com aquela região e ressalta que um dos pedidos foi que os ex-funcionários da Azaleia componham o quadro da nova indústria. “Fizemos um compromisso com a população de Carira e região de que levaríamos uma nova fábrica para aquele espaço e já estamos cumprindo. Esta indústria gerará emprego e mais renda para todo o agreste sergipano”, ressalta.

Para a instalação da fábrica, que já está no mercado há 19 anos, serão investidos R$ 3.989,520,22. Segundo o presidente da Codise, José Matos Lima Filho, as tratativas de negociação com a empresa acontecem há mais de 60 dias e o governo já atendeu todas as solicitações feitas pelos empresários para que a fábrica se instale no município. Assim que a Prefeitura Municipal de Carira atender as solicitações acordadas com o grupo investidor, os trâmites finais seguirão e a fábrica poderá começar a funcionar. “Já assinamos o termo de reserva de área e demos posse do imóvel aos empresários. Aguardamos apenas que a prefeitura cumpra os pedidos que foram feitos a ela”, informa Matos.